“primeiro os que mais precisam”

Texto do Neto, diretor de criação e sócio da Bullet, sobre a crise mundial.  


“Vou fazer um slideshow para você. 
Está preparado? 
É comum, você já viu essas imagens antes. 
Quem sabe até já se acostumou com elas. 
Começa com aquelas crianças famintas da África. 
Aquelas com os ossos visíveis por baixo da pele. 
Aquelas com moscas nos olhos.
 
Os slides se sucedem. 
Êxodos de populações inteiras. 
Gente faminta. 
Gente pobre. 
Gente sem futuro.
 
Durante décadas, vimos essas imagens. 
No Discovery Channel, na National Geographic, nos concursos de foto. 
Algumas viraram até objetos de arte, em livros de fotógrafos renomados. 
São imagens de miséria que comovem. 
São imagens que criam plataformas de governo. 
Criam ONGs. 
Criam entidades. 
Criam movimentos sociais.
 
A miséria pelo mundo, seja em Uganda ou no Ceará, na Índia ou em Bogotá sensibiliza. 
Ano após ano, discutiu-se o que fazer. 
Anos de pressão para sensibilizar uma infinidade de líderes que se sucederam nas nações mais poderosas do planeta.
 
Dizem que 40 bilhões de dólares seriam necessários para resolver o problema da fome no mundo. 
Resolver, capicce? 
Extinguir.
 
Não haveria mais nenhum menininho terrivelmente magro e sem futuro, em nenhum canto do planeta. 
Não sei como calcularam este número. 
Mas digamos que esteja subestimado. 
Digamos que seja o dobro. 
Ou o triplo. 
Com 120 bilhões o mundo seria um lugar mais justo.
 
Não houve passeata, discurso político ou filosófico ou foto que sensibilizasse. 
Não houve documentário, ONG, lobby ou pressão que resolvesse.
 
Mas em uma semana, os mesmos líderes, as mesmas potências, tiraram da cartola 2.2 trilhões de dólares (700 bi nos EUA, 1.5 tri na Europa) para salvar da fome quem já estava de barriga cheia. Bancos e investidores.
Como uma pessoa comentou, é uma pena que esse texto só esteja em blogs e não na mídia de massa, essa mesma que sabe muito bem dar tapa e afagar. 
Se quiser, repasse, se não, o que importa? 
O nosso almoço tá garantido mesmo
 
Caminho
Complicado tudo isso… o sistema roda da maneira que lhe convem…. mas é isso…
eu estou aqui… vou tentar fazer a minha parte…

abraxxxx

 

 

Anúncios

5 Respostas to ““primeiro os que mais precisam””

  1. mainha Says:

    Já tentei participar de grupos por essas mudanças, mas hoje resolvi fazer o meu trabalho de formiguinha, através da educação das crianças com quem trabalho, através das conversas com meus alunos adultos, sempre na tentativa de construir um mundo melhor , mais justo. Penso que a ida sua aí tem também um pouco dessa minha essperança num novo mundo. Um beijão.

  2. demoraes Says:

    Eu creio q vc plantou essa sementinha em mim… admiro muito a sua determinação e paixão com que faz seu trabalho…. OBRIGADO POR TUDO…
    BEIJÃO
    SAUDADES

  3. Bárbara Says:

    Poxa… ótimo texto… eu não conhecia.
    Assim como sua mama eu tbm tento ir fazendo minha parte por aqui… Mas são poucas as pessoas que realmente se importam com os problemas dessa nossa humanidade.. Mesmo assim carrego a esperança de que nosso trabalho de formiguinha vai gerar cada vez mais frutos. Essa paixão e determinação são realmente mágicos…
    beijão, escorpião.
    🙂

  4. Santiago Massano Says:

    Gente: pra mim a verdade é que muita gente quere ajudar, mas somente que ainda nao conseguimos conecher tudos. Pra sorte do pobre ainda tem menos pobres que nao pobres no mundo, entao, si cada um de nois ajuda alguem, a pobreza termina… só temos que convencer a cada pessoa nao pobre que ajude a um pobre…. Esto nao se arregla só com dinheiro… tamebm se precisa com educaçao e vontade de mudar a coisa.
    Pido disculpas por meu Portugues….

  5. Ricardo Says:

    Oi Pedrao, poxa que felicidade ver voce se expressando em favor dos menos favorecidos!!!
    Isso e um ato de coragem e determinacao!!!
    Continue nesse caminho
    Ricardo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: